Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
06/05/2021
Avicultura
Em mais uma alta, frango vivo chega aos R$5,30/kg no interior de São Paulo
Embora nos últimos três dias o frango abatido tenha chegado a um valor – recorde, é verdade – que aparenta ser o teto do mês , o frango vivo continua, de forma paulatina, a obter recuperação de preços

AviSite

Embora nos últimos três dias o frango abatido tenha chegado a um valor – recorde, é verdade – que aparenta ser o teto do mês , o frango vivo continua, de forma paulatina, a obter recuperação de preços. Pelo menos em São Paulo.

Ontem (5), no interior paulista, a ave viva disponibilizada para comercialização foi negociada por R$5,30/kg, ou seja, com 10 centavos de acréscimo em relação aos dois dias anteriores. Ou 20 centavos a mais que o valor de fechamento da última sexta-feira, 30, encerramento do mês de abril.

Com este último reajuste, a valorização do frango vivo em um mês chega a 12,77%, no ano a 15,29% e, comparativamente ao valor alcançado em 5 de maio do ano passado, a 82,76%. Porém, em relação à média dos últimos 12 meses, a média atual representa valorização que mal chega a 25%.

Como se constata, os esforços dos produtores pela obtenção de remuneração mais compatível com os custos de produção vêm sendo compensados. Porém, é oportuno lembrar que, a par de uma demanda significativamente maior que a de meses anteriores (devida, inclusive, à próxima comemoração do Dia das Mães), a oferta de aves vivas permanece restrita, sem mais os excessos de outros tempos. E é isso, principalmente, que vem dando espaço à obtenção dos ajustes pleiteados.

Em Minas Gerais o mercado caminha mais lentamente já que até ontem continuou prevalecendo naquela praça a cotação alcançada em 30 de abril – R$4,90/kg. Ou seja: nos últimos 14 dias, enquanto no interior paulista foram registrados seis reajustes de 10 centavos cada, entre os mineiros ocorreram apenas três reajustes no mesmo valor.

Frango vivo

Tags: