Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
19/09/2019
Avicultura
Carne de frango: disponibilidade interna aparente aumenta quase 5% no ano
Deduzido do potencial de produção estimado os volumes mensalmente exportados, conclui-se que a disponibilidade interna aparente de carne de frango nos oito primeiros meses de 2019 aumentou 4,71% em relação a idêntico período de 2018

AviSite

Deduzido do potencial de produção estimado (base: alojamento de pintos de corte divulgado pela APINCO) os volumes mensalmente exportados (dados da SECEX/ME), conclui-se (tabela abaixo) que a disponibilidade interna aparente de carne de frango nos oito primeiros meses de 2019 aumentou 4,71% em relação a idêntico período de 2018,superando ligeiramente a marca de 6,820 milhões de toneladas.

Como assim? – indagarão os que acompanham mais atentamente a evolução desse indicador. A pergunta é pertinente, pois no fechamento do primeiro semestre as estimativas indicavam redução – ressaltando: redução – de praticamente 1% na disponibilidade interna. De que maneira explicar a reversão ocorrida em apenas um bimestre (julho/agosto)?

É verdade que o potencial de produção do bimestre apresentou índice de expansão de 8% em relação a julho/agosto de 2018. Mas, aqui, não houve um incremento real no volume produzido: a base do ano passado é que foi baixa (greve dos caminhoneiros). Assim, o aumento apontado na disponibilidade aparente decorre, exclusivamente, da queda nas exportações. Que – pelos dados da SECEX/ME – sofreram redução de quase 150 mil toneladas no bimestre, recuando mais de 17% em relação a julho/agosto do ano passado.

Em função desse fraco desempenho, a oferta interna aparente – quase 1% menor no fechamento do primeiro semestre – aumentou 23% no bimestre julho/agosto, fazendo com que o acumulado em oito meses apresentasse aumento de 4,71%.

Mas – agora somos nós que levantamos a indagação – dá para acreditar? A verdade é que os cálculos (estimativas) estão corretos, mas a realidade é diferente. E se alguém se lembra, dias atrás a ABPA mencionou que “questões burocráticas” foram responsáveis pelos fracos resultados das exportações em agosto. Ou seja: o volume até agora exportado parece estar sendo maior que o apontado pelos números oficiais.

Em resumo, deve estar ocorrendo aumento na disponibilidade interna, visto que os preços alcançados pelo frango abatido já não se sustentam como em meses anteriores. Porém, o incremento registrado deve ser bem inferior ao sugerido pelos números levantados a partir das informações oficiais.

Carne de Frango

Tags: