Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
11/10/2018
Avicultura
Pintos de corte: 4 bilhões de cabeças entre janeiro e agosto
Com, praticamente, 529 milhões de cabeças em agosto passado, a produção brasileira de pintos de corte acumulada nos oito primeiros meses de 2018 ultrapassa ligeiramente os 4 bilhões de unidades

AviSite

Com, praticamente, 529 milhões de cabeças em agosto passado, a produção brasileira de pintos de corte acumulada nos oito primeiros meses de 2018 ultrapassa ligeiramente os 4 bilhões de unidades. Mesmo assim, corresponde – para o período – ao menor volume dos últimos oito anos (ou seja, desde 2011), apresentando recuos de 3,5% e 8% sobre idênticos períodos de 2017 e 2016, respectivamente.

De acordo com a APINCO, os 528,934 milhões de pintos de corte produzidos em agosto apresentaram ligeira redução (meio por cento a menos) em relação ao mesmo mês do ano passado, mas ficaram quase 5% acima do que foi registrado em julho de 2018. Corresponderam, também, ao menor volume produzido entre fevereiro e agosto, ficando 5% abaixo dos mais de 556 milhões de cabeças de janeiro passado – provavelmente o recorde de 2018.

Mantida no quadrimestre final do ano a produção média diária de agosto passado (pouco mais de 17 milhões de pintos de corte/dia), o total anual ficará próximo de 6,1 bilhões de cabeças, quase 2% menos que em 2017.

Comparativamente ao recorde que permanece desde 2015 – 6,5 bilhões de pintos de corte – esse volume será mais de 6% menor. O que, entretanto, não quer dizer que haverá redução na produção de carne de frango. Pois, de acordo com levantamentos do IBGE, o peso médio do frango produzido no primeiro semestre deste ano foi, em média, 7% superior ao de 2015. Ou seja: menos pinto não significa, necessariamente, menos carne de frango.

Pintos de corte

 

Tags: