Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
11/04/2018
Avicultura
Clima de otimismo dá o tom da abertura do Simpósio Brasil Sul de Avicultura
O primeiro dia do Simpósio Brasil Sul de Avicultura foi marcado por muito otimismo devido às boas perspectivas apontadas pelo setor econômico

Avisite

O primeiro dia do Simpósio Brasil Sul de Avicultura, promovido pelo Nucleovet (Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas de Santa Catarina) foi marcado por muito otimismo devido às boas perspectivas apontadas pelo setor econômico.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina, Airton Spies, destacou o valor dos aspectos sanitários como principal fator de destaque do setor de produção de proteína animal. "Sanidade sempre será nosso maior patrimônio e vamos sempre em busca de novos mercados. O mundo está de olho no Brasil e temos muitos desafios, mas temos muitas oportunidades abertas", disse.

Luciano Buligon, prefeito de Chapecó, disse durante a abertura como é importante que cada um faça a sua a sua parte para a evolução da avicultura. "Esse é um setor de grande destaque no cenário nacional e somente quando cada um olhar para si e se perguntar"como posso fazer o meu melhor?" e fazer a sua parte, teremos mais sucesso", disse.

Rodrigo Santana, Presidente do Nucleovet apontou a grande inovação em 19 anos do evento. "São quase vinte anos de muito trabalho e dedicação e o resultado é esse grandioso evento, com as principais informações para a evolução do setor avícola", disse.

Em sua apresentação Ricardo Amorim, um dos economistas mais influentes do Brasil, passou uma visão extremamente otimista do atual quadro econômico do país durante a abertura do SBSA 2018. "Os próximos anos serão de recuperação pois estamos vivendo um cenário macroeconômico de muitas oportunidades". Ele destacou também a possibilidade e novos nomes surgirem para as eleições deste ano. "Muito provavelmente teremos surpresas. Basta lembrar, como exemplo, que um ano antes de Donald Trump ganhar as eleicões nos EUA muitos riam dessa possibilidade. Surpresas podem vir de onde menos se esperam e é grande a chance de alguém de fora da política despontar com força. Essa, inclusive, é uma tendência vivida pelos EUA e também na França, com Emmanuel Macron".

Veja as fotos: http://www.avisite.com.br/index.php?page=noticias&id=18767

Tags: