Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
06/02/2018
Suinocultura
Poder de compra do suinocultor tem desvalorização comparada ao milho
A demanda ruim foi o principal motivo da pressão de baixa, aponta a Scot Consultoria

Scot Consultoria

Janeiro foi marcado por desvalorização no mercado de suínos. A demanda ruim foi o principal motivo da pressão de baixa. Nas granjas de São Paulo, o suíno está cotado, em média, em R$68,00/@, uma queda semanal de 4,2%. Desde o início do ano o recuo acumulado foi de 8,1%. Junto a isso, os custos com alimentação aumentaram no período reduzindo o poder de compra do suinocultor.

Na última semana, o milho, principal insumo utilizado na alimentação dos animais, teve valorização de 0,9%. Com isso a relação de troca para o suinocultor piorou 5,1%. Atualmente na região de Campinas-SP, o produtor adquire 6,7 quilos de milho com um quilo de suíno.

No atacado, o recuo no preço da carcaça nos últimos sete dias foi de 1,8%. O produto está sendo comercializado, em média, por R$5,50/kg. Desde o início do ano a queda foi de 11,3%. Mesmo com o início de mês, ainda não foi observada uma melhora na demanda. O mercado deverá seguir fraco nos próximos dias.

Tags: