Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
12/09/2017
Suinocultura
Suíno Vivo: SP e RS registram novas altas
Nesta terça-feira (12), o suíno vivo apresentou alta em São Paulo, de 4%, a R$4,16/kg e também no Rio Grande do Sul, de 2,15%, a R$3,80/kg. As demais praças permaneceram estáveis

Notícias Agrícolas

Nesta terça-feira (12), o suíno vivo apresentou alta em São Paulo, de 4%, a R$4,16/kg e também no Rio Grande do Sul, de 2,15%, a R$3,80/kg. As demais praças permaneceram estáveis.

No Indicador do Suíno Vivo Cepea/Esalq, o Rio Grande do Sul teve alta de 0,61%, a R$3,32/kg. Para Santa Catarina, alta de 0,58%, a R$3,44/kg, alta de 0,52% em São Paulo, a R$3,85/kg e alta de 0,50% em Minas Gerais, a R$4,05/kg. O Paraná está estável a R$3,63/kg.

De acordo com o boletim da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), divulgado na segunda-feira (11), o mercado apresenta sinais firmes de novas altas nos próximos dias - justificando o aumento da referência estabelecido na Bolsa de Suínos do estado.

Do lado dos insumos, a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) elevou sua projeção para a safra de milho do Brasil em 2016/17 para 97,7 milhões de toneladas, devido a uma melhora nas perspectivas para a segunda safra.

Tags: