Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
21/07/2017
Suinocultura
Profissionais são capacitados para gestão de água na produção de suínos
Participaram técnicos da Aurora e cooperativas filiadas

MB Comunicação

A falta de gestão da água utilizada na produção de suínos é identificada como um dos principais problemas da cadeia produtiva. O gasto é maior do que o realmente necessário e o uso incorreto impacta negativamente agravando problemas ambientais. Preocupados em capacitar os produtores rurais para uma gestão adequada da água, a Cooperativa Central Aurora Alimentos proporcionou a 110 profissionais que atuam na cadeia de suínos a Capacitação sobre Gestão da Água na Suinocultura.


“A nossa intenção é levar para o campo iniciativas que resultem em melhores práticas ambientais reduzindo custos e promovendo o desenvolvimento sustentável das propriedades”, observou o diretor de agropecuária da Aurora Alimentos, Marcos Antônio Zordan.

O treinamento, que ocorreu nessa semana em Chapecó e Joaçaba, foi promovido em parceria com o Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado de Santa Catarina (Sindicarne), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Participaram profissionais da Aurora Alimentos e das cooperativas filiadas: Alfa, Auriverde, A1, Copérdia, Coolacer, Caslo, Coopervil, Camisc, Copercampos, Cooasgo e Itaipu.

O assessor de suinocultura da Aurora Alimentos Sandro Luiz Treméa, destacou que se o consumo de água na produção de suínos não ocorre de maneira adequada os produtores necessitam aumentar a estrutura das esterqueiras e dos sistemas de tratamentos de dejetos, comprometendo a qualidade dos mesmos e elevando os custos com estrutura e distribuição.

Os palestrantes Paulo Armando de Oliveira, da Embrapa Suínos e Aves e Jorge Tavares, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental (PPGEA) da UFSC, abordaram a importância da gestão da água na produção de suínos, captação e disponibilização de água para os animais com armazenamento, tratamento e qualidade, além de padrões de instalação e distribuição.

Também foi explanado sobre o consumo de água pelos animais nas diferentes fases fisiológicas e explicada a importância da instalação e manejo dos bebedouros na gestão da água. Outros usos da água na suinocultura, custo da água na produção, gestão da água versus manejo dos dejetos e impacto econômico na produção de fertilizante orgânico também foram esclarecidos.

Os profissionais capacitados receberam a cartilha de gestão da água na produção de suínos, desenvolvida com a participação da Embrapa, UFSC e empresas associadas ao Sindicarne.

CONTEXTO

A produção integrada do sistema Aurora Alimentos e suas cooperativas filiadas envolve, na cadeia de suínos, 3.444 produtores cooperados, 199 mil matrizes e um plantel permanente de 1 milhão e 800 mil animais no campo.

Tags: