Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
19/09/2019
Avicultura
Exportação no complexo ovos comerciais
O resultado ínfimo nas vendas externas de ovos comerciais in natura (com casca) levantadas através do sistema de Estatísticas do Comércio Exterior aparenta estar ligado a questões burocráticas no lançamento das informações

AviSite

O resultado ínfimo nas vendas externas de ovos comerciais in natura (com casca) levantadas através do sistema de Estatísticas do Comércio Exterior (comex stat) - o menor volume desde que os levantamentos mensais passaram a ser realizados - aparenta estar ligado a questões burocráticas no lançamento das informações. Concorre para isso a confirmação de que vários itens divulgados estão com volumes e valores muito inferiores aos realmente embarcados pelos setores envolvidos.

De toda forma, voltando aos dados oficiais divulgados até agosto, o Ovosite levantou diversos itens relacionados ao complexo ovos comerciais para verificar se está havendo mudança na forma como o produto é comercializado para o mercado externo, tendo em vista as dificuldades relacionadas à conservação do produto.

Os dados mostram – tabela abaixo - que tem havido retrocesso quase geral nos itens embarcados relacionados aos ovos comerciais. Nesse sentido, incremento apenas em Gemas frescas cozidas em água ou vapor e Gemas de ovos secas. Mas, a representatividade desses dois itens no total geral é mínima, de apenas 7,9% na receita e de 4,7% no volume.

Os maiores itens embarcados sofreram redução no volume: ovos frescos de 3,3%, ovos sem casca secos de 62% e ovos sem casca cozidos em água de 32,5%. No total os três itens citados representam 86,2% do volume embarcado. Com isso, está descartado – diante dos baixos volumes embarcados de ovos comerciais in natura com casca – a possibilidade de que o produto estivesse sendo embarcado através de outras formas.

Exportação de Ovos

Tags: